Causas
Sociais

Educação

No auge de sua carreira como empresário e com seus filhos já trilhando seus próprios caminhos, Shunji Nishimura, fundador do Grupo Jacto, dizia que tudo o que ele havia conquistado era graças ao Brasil. Motivado pelo desejo de retribuir ao país e acreditando ser a educação o bem mais valioso e necessário, em 1979, deixa a presidência das empresas para lançar as bases da Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia, também conhecida por FSNT.

Seu pontapé inicial foi fundar uma escola de agricultura para filhos de agricultores. Ele percebia uma lacuna entre o engenheiro agrônomo e o trabalhador do campo e, assim, antevia uma escola diferente, de nível técnico e de cunho prático, onde os alunos aprenderiam na prática diferentes técnicas de cultivo e a utilização dos equipamentos agrícolas. Mais do que formar ótimos profissionais, Shunji desejava formar jovens que fossem, acima de tudo, cidadãos conscientes e que fizessem diferença na agricultura e no desenvolvimento do Brasil.

Este sonho, tornado em missão, continua prevalente nas novas gerações da família Nishimura. E vivo em seus projetos.

PROJETOS DE EDUCAÇÃO

Criada através de uma parceria público privada entre a FSNT, o Centro Paula Souza e a Prefeitura Municipal de Pompeia, oferece o curso Superior de Tecnologia de Mecanização em Agricultura de Precisão desde o final 2009, onde já se formaram cinco turmas de tecnólogos preparados para atender as demandas da mecanização agrícola nas mais variadas regiões do Brasil. Denominada Fatec Shunji Nishimura de Pompeia, vem se destacando no cenário agrícola por ser um curso inédito no Brasil e chamando atenção de empresários e agricultores de todas as regiões.

Além da parceria principal com o Grupo Jacto, a Fatec Shunji Nishimura agrega outros dos 30 maiores players da indústria de equipamentos agrícolas, incluindo concorrentes. Unidos pelo desejo de modernizar a agricultura brasileira, cada parceiro disponibiliza, nas salas de aula do curso, suas tecnologias e máquinas, para que os alunos as conheçam e desenvolvam experiências práticas.

www.fatecpompeia.edu.br

A Escola SENAI “Shunji Nishimura” iniciou suas atividades em 2009 e foi oficialmente inaugurada em maio de 2013 pelo atual Presidente da FIESP, CIESP, presidente do conselho SENAI-SP e diretor regional do SESI-SP, senhor Paulo Skaf. Tem por missão institucional a promoção da educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria brasileira. Para o alcance de seus objetivos, a escola conta com metodologias educacionais avançadas e um aparato tecnológico capaz de subsidiar uma formação de qualidade. Para abrigar suas atividades, a Escola SENAI “Shunji Nishimura” conta com um amplo espaço físico e equipamentos de alta tecnologia, compatíveis com sua proposta educacional.

pompeia.sp.senai.br

O Colégio Shunji Nishimura atende alunos do Maternal ao 9º ano do Ensino Fundamental. É uma instituição particular, mantida pela FSNT. Localizada em Pompeia (SP), também recebe crianças e jovens provenientes de outras cidades da região, como Marília, Oriente, Quintana e Herculândia. Sua missão é contribuir para a formação global do educando, desenvolvendo suas potencialidades para que ele construa seu conhecimento e identidade fundamentados em valores éticos e morais.

www.fsnt.com.br/colegio

Família

“EMPRESA FAMILIAR COM FAMÍLIA FORTE”

A solidez da empresa familiar forte provém do valor de sua família: o valor financeiro costuma se originar do patrimônio familiar; o valor ético e moral, do caráter de seus fundadores; o valor social, da busca pela construção de um legado. Com base nesse ideal, planejam estrategicamente contribuir para um futuro melhor para a empresa, para a família, a sociedade e o país. Nada pode vencer o tempo e a competitividade sem valor. Não basta fazer bem. É preciso fazer o bem.

O Grupo Jacto é uma empresa familiar. E desenvolver-se como família é desafio constante para o sucesso organizacional. Ter aceitado esse desafio e adotado o modelo de empresa familiar forte trouxe experiência e conhecimento, que nos permitem contribuir, também, para o desenvolvimento e fortalecimento do ambiente familiar de nossos colaboradores.

PROJETOS DE FAMÍLIA

Na gestão de pessoas, o Grupo Jacto optou por um modelo ampliado de responsabilidade social empresarial, aderindo ao Programa Empresas Familiarmente Responsáveis. Indo além da legislação trabalhista, oferece programas, cursos e benefícios avançados para o desenvolvimento pessoal e familiar de colaboradores.

• capacitar o colaborador para a gestão de seu ambiente familiar
• auxiliar na construção de famílias fortes e responsáveis
• formar pessoas emocionalmente equilibradas
• contribuir para formar uma sociedade sadia

Em atividade desde 2008, o projeto reúne voluntários que se organizam semanalmente para realizar coleta e doação de leite materno ao Banco de Leite Humano de Marília (SP). As atividades dos voluntários incluem divulgação do projeto nas maternidades, acompanhamento às mães na fase de amamentação, coleta do leite em domicílio, acondicionamento adequado do leite coletado e transporte para Marília.

Um outro exemplo de pró-atividade do Grupo Jacto em torno de questões familiares é sua adesão voluntária ao Programa Empresa Cidadã, do Ministério da Saúde, em 2010. As empresas inscritas se comprometem em prolongar o benefício da licença-maternidade por dois meses, para além dos quatro meses obrigatórios. O Grupo Jacto apoia mães que desejam dedicar mais tempo para seus bebês:

• licença-maternidade estendida para 6 meses
• opção de reduzir a jornada de trabalho para 6 horas, após o término da licença maternidade.

ESPORTE E CULTURA

O Grupo Jacto tem compromisso com o desenvolvimento e a qualidade de vida das comunidades e entornos de sua atuação. Uma das maneiras de gerar impactos positivos é através do incentivo do esporte e da cultura.

PROJETOS DE ESPORTE E CULTURA

Associação Oásis de Pompéia

O Grupo Jacto, junto com outras empresas, patrocina e auxilia na gestão da Oásis, uma associação sem fins lucrativos que atua no desenvolvimento e gestão de projetos sociais na cidade de Pompéia. A associação atua nas áreas artísticas e esportivas, oferecendo cursos e treinamentos, promovendo eventos e outras atividades. Seu público-alvo são crianças e adolescentes de 4 a 17 anos, e seu foco é o desenvolvimento integral do público atendido.

www.aop.org.br

VOLUNTARIADO

Programa Voluntariado “Árvore da Cidadania”
O Programa surgiu internamente, em 2008, agregando e apoiando iniciativas sociais de colaboradores e familiares voltadas à comunidade. Hoje, ganhou abrangência e os voluntários não se restringem somente a pessoas ligadas ao Grupo.O Programa acolhe iniciativas das pessoas da comunidade em geral. Ao apresentar sua iniciativa, o voluntário é cadastrado e assina um termo de adesão ao voluntariado. O Programa, então, auxilia o voluntário na transcrição de sua iniciativa à linguagem de projetos, para que seja desenvolvida de forma sustentável e gere resultados para a comunidade.

Para consultar os projetos ativos e saber mais acesse: www.arvoredacidadania.org.br

Projeto Voluntariado
Criado pelo Sr. Shunji Nishimura, aos 98 anos de idade, o Voluntariado foi seu último projeto. Ele desejava proporcionar às pessoas da terceira idade a oportunidade de participar de atividades produtivas e saudáveis, como horta orgânica e floricultura. Também iniciou a “Oficina de Cerâmica Chieko Nishimura”, em homenagem à sua esposa.

Governança
Corporativa Familiar

Associação e envolvimento junto ao FBN - Family Businness Network e outras ações de formação e à gestão familiar.

A Jacto é uma das empresas familiares brasileiras que mais contribui com o desenvolvimento de boas práticas de governança corporativa familiar, ajudando muitas outras empresas familiares relacionadas (como clientes, fornecedores e parceiros) bem como empresas não relacionadas em congressos, cursos e consultoria individual.

A empresa recebeu prêmios em governança corporativa familiar e foi destaque em conferências globais sobre o tema.

O início da estruturação da governança na Jacto se deu no final do ano 1990, com iniciativas de Jorge Nishimura de planejar a sucessão familiar para uma de gestão profissionalizada.